• Quinta, 07 de Maio de 2020

Regina Duarte da chilique ao vivo

Vídeo de Maitê, bate-boca e encerramento

imagem
Entrevista acaba em confusão

A secretária especial de Cultura, Regina Duarte, acabou se desentendendo com os apresentadores da CNN Brasil, em entrevista ao vivo dada nesta quinta-feira (07) em seu gabinete em Brasília.

O clima pesou quando o programa exibiu um vídeo da atriz Maitê Proença, que cobrava ações da ex-colega da Globo em favor da categoria: “Daniel [jornalista Daniel Adjuto], isso não foi combinado. O combinado foi uma entrevista com você. Pra que isso. Vocês estão desenterrando um vídeo da Maitê de dois meses. Ai eu não quero ouvir isso. Vai botar uma fala dela? – protestou.

A secretária disse que o programa estava desenterrando mortos e cobrando coisas do passado. Contudo, lembrou justamente do passado, da música “Pra frente Brasil... salve a seleção”, canção da Copa do Mundo de 1970, que o Brasil todo cantou, mas que, anos mais tarde, ficou atrelada à ditadura.

O jornalista argumentou que nos anos 70 pessoas foram torturadas e mortas. Regina seguiu reclamando, dizendo que tinha “muita coisa bacana pra contar”.

O âncora Reinaldo Gotino também entrou ao vivo, para dizer que não se podia minimizar a ditadura, enquanto sua colega de bancada, Daniela Lima, lembrou que o vídeo não era de dois meses e rebateu: “A Maitê enviou a mensagem pra gente hoje. E nós não estamos desenterrando mortos, estamos enterrando”. E fim de entrevista.