• Sábado, 21 de Dezembro de 2019

Fla perde na prorrogação: 1 a 0 Liverpool

O bicampeonato do Mundial de Clubes não veio para o Flamengo, mas pelo que se viu do jogo o mereceu tanto quanto o Liverpool, cuja vitória pelo placar mínimo foi conquistada na prorrogação, com gol de Firmino.

O Flamengo perdeu, como poderia ter ganho. Teve chances de marcar. Da mesma forma que o Liverpool, que em maior número de vezes esteve perto de abrir o marcador. 

Mas o 'jogo jogado' foi de igual para igual. Firmino fez o gol num contra ataque fulminante. O garoto Lincoln teve a chance de empatar no último lance da partida, mas chutou por cima do travessão.

Alguns comentaristas de canais esportivos discordaram das mudanças do técnico Jorge Jesus, advertindo que o Flamengo perdeu muito da criação com as saídas de Éverton Ribeiro e Arrascaeta.

Entretanto, cumprindo o último confronto da temporada, o rubro-negro já não tinha tanta 'perna' quanto seu adversário, que vinha de muito menos confrontos. Logo, a tentativa foi para dar velocidade ao time carioca.

Enfim, são as circunstâncias do jogo. Alguém teria que perder, fosse na prorrogação, fosse pênaltis. 

Digamos que a sorte que ajudou o Flamengo a virar em cima do River, que até os 43 do 2º tempo estava com a mão na Libertadores e três minutos depois encarava a derrota, não sorriu desta vez.   

Em suma, a taça ficaria em boas mãos com qualquer dos dois.

* Texto modificado com acréscimos